sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Adeus, filha!




.
Hoje, duas notícias sobre jovens filhas:
.

Jaycee Lee Dugard viveu em cativeiro desde os onze anos

"Jaycee Lee Dugard, a jovem que reapareceu em El Dorado, na Califórnia, 18 anos depois de ter sido raptada com apenas onze anos, teve dois filhos do seu alegado raptor, o primeiro quando tinha 14 anos. Os suspeitos responsáveis pelo seu cativeiro, Phillip Garrido, de 58 anos, e a sua mulher, Nancy Garrido, de 54, estão detidos.Ontem soube-se que a jovem tinha aparecido numa esquadra da polícia e que estavam a ser realizados testes de ADN. O reencontro com a mãe já aconteceu."

(ver notícia completa em Público aqui e aqui e no i online aqui http://www.ionline.pt/conteudo/20369-americana-sequestrada-ha-18-anos-reencontrou-mae---video e aqui: http://www.ionline.pt/conteudo/20448--e-uma-historia-comovente-diz-raptor-jaycee-dee-dugard e aqui: http://www.ionline.pt/conteudo/20465-jaycee-dugard-presa-18-anos-no-jardim-um-fanatico)

.

Adolescente que queria dar a volta ao mundo foi retirada aos pais

"O tribunal de menores de Utrech decidiu hoje que Laura Dekker deve ser retirada aos pais e proibiu a adolescente de dar a volta ao mundo de barco, sozinha.
A rapariga de treze anos queria bater o recorde da pessoa mais jovem a dar a volta ao mundo de barco. Pretendia sair da Holanda a 1 de Setembro, dia em que completa 14 anos, e sempre contou com o apoio dos pais para "realizar o sonho".
O caso tem gerado grande polémica na Holanda, pela idade da menor e pela autorização concedida pelos pais. Esta manhã, o tribunal decretou a entrega da adolescente de 13 anos a uma tutela provisória e decidiu abrir um inquérito sobre o caso."

(ver notícia completa no i online aqui: http://www.ionline.pt/conteudo/20376-adolescente-que-queria-dar-volta-ao-mundo-foi-retirada-aos-pais e no Público aqui: http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1398130&idCanal=11 )

.
Adeus, filha.
Vemo-nos em 2, 18 anos... ou nunca mais?

...

É mais fácil ter filhos homens?!

Estes casos dão-nos muito que pensar...

.

2 comentários:

  1. Boa tarde,

    Gostei deste vosso sítio a que vim ter por ter visto que comentaram o mesmo artigo que eu.
    Também gostei do comentário.
    Passarei por cá mais vezes, pelo que inscreverei como vosso seguidor.

    Melhores cumprimentos

    José Magalhães

    ResponderEliminar
  2. José
    Comentamos o mesmo artigo e de maneira parecida... constactando a profundidade dos sentimentos que nos provocou a notícia e sem encontrarmos uma resposta absoluta.
    Talvez porque a maternidade e paternidade seja feita disso mesmo: de não termos respostas prontas, por mais que as demos... rs

    Cumprimentos, bem vindo às Poderosas SA

    ResponderEliminar